GAZA LIVRE!

Muitas vezes ouvi dizer que o brasileiro é irreverente, sem maturidade e seriedade porque nunca enfrentou uma guerra em seu território. Que uma guerra amadurece, e faz ver a história com outro olhar. Se isso fosse verdadeiro a história no Oriente Médio seria outra.
Nenhum povo passou por tantas provações como o povo judeu. Desde a diáspora foram submetidos a todo tipo de sofrimentos. Os pogroms, todo tipo de preconceitos e perseguições, culminando com a 2ª guerra mundial onde foram confinados em campos de concentração e exterminados em câmeras de gás. Estima-se em 6 milhões as vítimas do nazismo.
Muro do Gueto de Varsóvia

Um dos episódios mais marcantes foi o Gueto de Varsóvia. Os nazistas construíram um imenso muro separando os bairros judeus de Varsóvia do restante da cidade. No gueto eles ficaram totalmente isolados, quase sem alimentos, sem remédios, enfim, totalmente privados de qualquer bem.
 Quando perceberam que morreriam de qualquer jeito, resolveram morrer lutando. Iniciaram o levante do gueto, onde um a um morreram lutando até que o gueto foi pulverizado pelas tropas nazistas.
Um povo que passou por tal experiência deveria abominar qualquer forma de opressão a qualquer povo. Mas a três anos são os judeus que construíram um gueto, aliás muito maior que o de Varsóvia, com muro e tudo, confinando 1,5 milhões de palestinos.
Artistas criam pinturas no muro de Gaza comemorando os 60 anos dos Direitos Humanos

 É o Gueto de Gaza, criado sob o argumento de que é uma área controlada pelo Hamas, que não reconhece o Estado de Israel e a atacou com foguetes. Na realidade o objetivo é outro, é fazer novos assentamentos de judeus em território palestino.
Será que eles acreditam que o gueto é a SOLUÇÃO FINAL. É muito fácil acreditar na SOLUÇÃO FINAL quando o povo massacrado não é o seu.
Gaza destruida
Postar um comentário