BANGLADESH: A IMPRESSIONANTE VOLTA PARA CASA

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR

Um trem superlotado se aproxima de uma estação ferroviária em Dhaka, Bangladesh, onde mais passageiros esperam para embarcar. Milhões de moradores de Dhaka estavam viajando para suas aldeias de origem para celebrar o Eid al-Adha. Dhaka está rapidamente se tornando uma das maiores cidades do mundo. Sua população atual de 13 milhões deverá subir para entre 22 e 25 milhões em 2020. O rápido crescimento da população colocou forte pressão na infra-estrutura de transporte.
"Dhaka, a capital do Bangladesh, é o lar de cerca de 13 milhões de pessoas e todos os dias o número está aumentando. Centenas de pessoas correm para Dhaka diariamente para encontrar uma maneira de viver pois não têm trabalho nas aldeias. Também muitas pessoas estão perdendo suas casas devido a erosões dos rios. Dois ciclones devastadores nos últimos três anos também deixou muitos desabrigados.
A maioria das pessoas desempregadas e sem-teto se abrigam em favelas em Dhaka. Eid al-Fitr, que marca o fim do mês muçulmano de jejum do Ramadã, é uma ocasião em que eles preferem ir para os lugares de origem. Nessa época eles deixam a capital em massa. O trem é a sua única opção como a maioria deles não pode pagar um transporte melhor. Eu queria mostrar como eles fazem seu caminho para casa. Não há nem mesmo espaço no último piso dos trens, mas isso não surpreende ninguém. Pessoas chegam a viajar sentadas entre os vagões. Eles correm o alto risco de viajar para suas casas porque não têm nenhuma outra escolha.
Todas as fotos são de Andrew Biraj.
Andrew Biraj nasceu em 1982 em Bangladesh. Ele possui um diploma avançado em fotografia de Pathshala, The South Asia Institute Media Academy e um BA em fotografia pela Universidade de Bolton, Reino Unido.
Postar um comentário