ENCONTRADAS DUAS CÂMARAS OCULTAS NA TUMBA DE TUTANCAMÓN

Câmara mortuária de Tutankamón

Tutancamon, faraó pertencente à dinastia 18° do Egito antigo, morreu bastante jovem, após um breve reinado entre 1332 e 1323 a.c. aproximadamente. O encontro de novos detalhes sobre sua tumba e seus misteriosos tesouros no Vala dos Reis na cidade de Luxor tem levado a grande excitação no mundo arqueológico. E assim, após inspeção preliminar do túmulo de Tutancâmon, a teoria apresentada recentemente pelo britânico Nicholas Reeves egiptólogo de que havia um outro túmulo dentro da tumba principal, e que este poderia ser o túmulo de Nefertiti (rainha da dinastia XVIII do Egito e esposa de Akhenaton, pai de Tutancamon), está ganhando força.
A primeira visita do especialista à tumba culminou com o descobrimento de marcas em ambos os muros, marcas semelhantes às que foram achadas na porta de entrada da tumba de Tutancamón quando o arqueólogo Howard Carter a descobriu em 1922. Isto indica que os muros oeste e norte da tumba podem ocultar outras duas câmaras mortuárias.
O estudo da cripta do chamado “Faraó Menino” se completara em novembro com a
utilização de um radar japonês assim como outros equipamentos para resolver o mistério.
O ministro de antiguidades egpcias Mamduh el Damati crê que antes de Nefertiti é possível que quem esteja sepultada ali seja Kiya, a mãe de Tutancamón. Para Reeves porém são os: “"Certas características estilísticas na decoração da parede norte, que dataria o enterro original e seriam anteriores ao resto das pinturas murais são uma reminiscência de Nefertiti. Estou bastante confiante de que uma descoberta muito importante terá lugar logo no túmulo de Tutancamun ", disse Reeves.

Busto de Nefertiti no Museu Arqueológico de Berlin
Há um grande problema nesse trabalho arqueológico: Mesmo que as câmaras existam, não vamos necessariamente descobrir o que tem dentro delas, porque a parede da tumba de Tutancâmon é coberta por uma pintura de valor inestimável. Uma permissão para escavá-la não será fácil de se obter. Qualquer escavação mesmo que por outros caminhos podem danificar a tumba.
Outro problema: ainda que houver câmaras secretas no túmulo, que abriguem outros corpos, em última análise, não há garantias de que o corpo alí enterrado seja de Nefertiti, para justificar todo um trabalho arriscado de abertura das câmaras.

Mascara mortuária de Tutankamón

Postar um comentário