MEIO AMBIENTE – PREVISÕES PARA A TERRA NO SECULO XXI


CONFIRA NESTE ARTIGO DE PREVISÕES AS AMEAÇAS QUE PODEM LEVAR A TERRA DEFINITIVAMENTE PARA A UTI CASO NÃO SEJAM REVISADOS OS FATORES QUE LEVAM ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS E AO AQUECIMENTO GLOBAL.
 
1ª PREVISÃO: O AQUECIMENTO GLOBAL DEVERÁ SUPERAR OS 2º C, ULTRAPASSANDO O LIMITE CONSIDERADO SUPORTÁVEL.

Apesar da crise econômica mundial, as emissões de gases de efeito estufa alcançaram seus mais altos níveis históricos em 2011, segundo dados da Agencia Internacional de Energia. Neste contexto, como se pode imaginar que a civilização humana será capaz de empreender reformas rumo a uma verdadeira sustentabilidade?

Um aumento de 2º C nas temperaturas globais poderá provocar perturbações maciças capazes de afetar a vida de centenas de milhões de pessoas. Mas ainda não é tarde demais. Se a comunidade internacional se comprometer, neste momento, a empreender mudanças radicais, as mais terríveis consequências de um aquecimento global poderão ser evitadas.

CONCLUSÃO: Em meio à crise econômica mundial, onde a preocupação é aumentar empregos e produção, uma ação radical em escala global é improvável. A conclusão é sombria porque é realista.

 

2ª PREVISÃO: OS PAÍSES INDUSTRIALIZADOS NÃO VÃO REDUZIR SUAS EMISSÕES DE DIOXIDO DE CARBONO; APENAS IRÃO TERCEIRIZAR SUA POLUIÇÃO AOS PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO.
 
Um exemplo disso é a Grã Bretanha que define suas metas de redução de emissões de carbono e tecnicamente as cumpre, já que o país migra suas instalações industriais para outros países, como a China, onde os regulamentos são mais elásticos, podendo-se poluir com relativa impunidade.

Essas observações de George Monbiot lançam ceticismo sobre a maioria dos atuais acordos internacionais. Em algumas décadas as nações industrializadas poderam garantir documentalmente terem alcançado grandes  reduções, mas suas emissões reais continuarão a aumentar e o biossistema planetário continuará a sofrer profundas alterações.

CONCLUSÃO: Aqueles que se preocupam com o planeta terão de levar os agentes públicos mundiais a se tornar responsáveis pelos progressos contra as mudanças climáticas.

 

3ª PREVISÃO: 80% DAS PROJEÇÕES DE EMISSÕES DE CO2 RELACIONADAS À ENERGIA EM 2020 ESTÃO “FECHADAS” E PROVIRÃO DE GERADORAS DE ELETRICIDADE JÁ EM USO OU CONSTRUÇÃO.
 
Quem afirma é a Agencia internacional de energia  ( IEA).
O relatório é tristemente impressionante e honesto em sua avaliação. Segundo a IEA, há pouca chance de se alcançar o ambicioso objetivo fixado na Conferência sobre Mudanças Climáticas em 2010, para limitar o aumento da temperatura global a 2º C. Para cumprir essa meta, o aumento percentual das emissões de hoje até 2020 deve ser menor que o percentual verificado entre 2009 e 2010.

 

4ª. PREVISÃO: O SOL VAI FICAR MENOS QUENTE ATÉ 2022. MEDIÇÕES RECENTES INDICAM UMA QUEDA INESPERADA NA ATIVIDADE SOLAR E NA RADIAÇÃO LANÇADA À TERRA.

Até onde se sabe da história da Terra, períodos de atividade solar reduzida quase sempre levam à refrigeração prolongada do clima do Planeta – alguns gerando até mesmo eras glaciais. Esse resfriamento pode ser uma coisa boa se a temperatura baixar o suficiente para compensar o aquecimento global.

5ª. PREVISÃO: A ASSOCIAÇÃO MORTAL ENTRE POLUIÇÃO, SOBREPESCA E MUDANÇAS CLIMÁTICAS ESTÁ AFETANDO OS OCEANOS. A CONTINUAR O RÍTMO ATUAL, EM 2050 A VIDA VEGETAL E ANIMAL OCEÂNICA TENDERÁ A DESAPARECER, NUMA ESCALA SEMELHANTE A DAS CINCO GRANDES EXTINÇÕES GLOBAIS OCORRIDAS NOS ÚLTIMOS 600 MILHÕES DE ANOS.

6ª. PREVISÃO: TORNADOS, SECAS E OUTROS EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS SE TORNARÃO CADA VEZ MAIS FREQUENTES.

7a. PREVISÃO: AS ILHAS MALDIVAS PODEM DESAPARECER ATÉ O FINAL DESTE SÉCULO.

Neste século as mudanças climáticas ameaçam elevar o nível dos oceanos em 1,5 m razão de alarme para as maldivas, já que 1,5 m é a altitude média da ilha-nação que sobrevive do turismo.

8a. PREVISÃO: NESTA DÉCADA A COBERTURA DE GELO DO ÁRTICO IRÁ AUMENTAR, PARA DEPOIS DESAPARECER PARA SEMPRE.

 

 

 

 
Postar um comentário