AQUECIMENTO GLOBAL - CONCLUSÕES DO IPCC 5


 
CONCLUSÕES DO PAINEL INTERGOVERNAMENTAL SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS (IPCC 5)

 

 

  1. As mudanças climáticas são cientificamente incontestáveis e a influência da atividade humana está aumentando seus efeitos.
  2. O impacto das mudanças climáticas são muito graves e estão presentes em todos os continentes;
  3. Se não se tomarem medidas rigorosas as conseqüências para os ecossistemas e os seres humanos serão irreversíveis;

 

O terceiro ponto é o mais destacado do novo informe que dá por terminada a etapa de decisões políticas fracas: OU SE REALIZA UMA AÇÃO GLOBAL RADICAL OU OS EFEITOS DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS SERÃO INEVITÁVEIS.

O problema avançou tanto que já não bastam os simbólicos e ridículos acordos de redução de gases estufa. A ONU adverte que se não se eliminarem lãs emissões totalmente antes do final do século, os efeitos serão perigosos e irreversíveis.

Este Quinto informe (IPCC 5)  é um dos maiores trabalhos já realizados na área. Os resultados publicados são fruto do trabalho de milhares de cientistas durante os últimos 14 meses.

Na elaboração deste quinto informe trabalharam 830 coordenadores e mais de 1200 pesquisadores de mais de 80 países, a esses deve-se somar mais de 2000 cientistas peritos  que posteriormente realizaram tarefas de exame e revisão das conclusões.

Os resultados mais evidentes são simples e diretos:

“A ATMOSFERA E OS OCEANOS ESTÃO AQUECENDO, OS VOLUMES DE NEVE E GELO ESTÃO DIMINUINDO, O NIVEL DO MAR ESTÁ SE ELEVANDO E AS CONCENTRAÇÕES DE DIÓXIDO DE CARBONO TEM AUMENTADO A NÍVEIS SEM PRECEDENTES.”
 

O próprio presidente do IPCC e premio Nobel da Paz, Rajendra K. Pachauri finaliza com uma conclusão:

“ TEMOS POUCO TEMPO SE QUIZERMOS MANTER UMA MARGEM RAZOÁVEL DE AQUECIMENTO EM TORNO DE 2 GRAUS. SE TEMOS ALGUMA CHANCE DE FICAR ABAIXO DOS 2 GRAUS DEVEMOS REDUZIR AS EMISSÕES EM 40 A 70% EM TODO O MUNDO ENTRE 2010 E 2050 E REDUZI-LOS A NÍVEL ZERO  ATÉ 2100.”
 
Postar um comentário