EGITO - MUBARAK NÃO RENUNCIOU, FOI DERRUBADO PELO POVO

Ao contrário do que anuncia a nossa maravilhosa imprensa conservadora, Osnir Mubarak não renunciou, foi derrubado pelo povo concentrado nas ruas a 18 dias, se recusando a retornar a suas casas enquanto o ditador estivesse no poder.

Dizer que Mubarak renunciou como se fosse sua exclusiva vontade chega a ser ridículo. Basta ver as fotos desses últimos 18 dias e ver que não havia para ele outro caminho. Era apenas uma questão de tempo.
O Egito agora tem um longo caminho pela frente. A queda de Mubarak não representa o fim de uma luta mas o início de um longo e árduo caminho pela reconstrução do país.
Postar um comentário